sexta-feira, 9 de março de 2012

NÃO ME IMPORTA

Não importa quantas vezes me peguei a chorar
Pois sempre encontro um jeito de votar a sorrir
Não importa quantas dores eu já senti de saudade
Eu sempre driblo ela e volto à minha realidade
Não importa os tombos que já levei na vida
Hoje me sinto mais forte e muito mais vivida

Não me importo, sabe por quê?
Sou mulher, sou mãe, sou de fibra, sou guerreira
Sou alegria e esperança no coração das minhas crianças
Sou amiga, sou fiel e também sou lealdade
Só não aguento viver perto da mentira e da falsidade

Rakel Vianna

08/03/2012 

2 comentários:

  1. Rakel,

    Bela poesia, que mostra a força da Mulher.

    Parabéns pelo blog e pelas lindas e

    maravilhosas poesias que encantam nossos

    corações.

    Ivanildo Assis.

    ResponderExcluir
  2. Obrigada meu querido, Ivanildo! beijos

    ResponderExcluir